Páginas

30 de set de 2009

Rock calendário para 2010 (13 fotos)

Como você imagina um calendário? Deixe-me adivinhar...
O cenário mais favorável, com meninas nuas ou meninos, no pior, com fotografia de natureza?
As pessoas criativas da companhia Takkoda burlaram nossa visão de calendários.
Afinal, os animais de estimação são apresentados na imagem de estrelas do rock.
E adivinhe quem é quem.












Sexys cheerleaders ou líderes de torcida gostosas (39 fotos)


No esporte, as cheerleaders, conhecidas no Brasil como animadoras de torcida, também chamadas de garotas de torcida ou líderes de torcida e em Portugal como chefes de claque, consiste no uso organizado de música, dança e ginástica para fazer com que os torcedores animem as suas equipes nas partidas. Os espetáculos de animação são muito freqüentes, sobre tudo, em esportes de equipe, como o basquetebol e o futebol americano. Há, porém, campeonatos específicos de Cheerleading.

Animação de torcida é um esporte que usa rotinas organizadas de elementos da ginástica artística, de dança, e de "stunting" para serem apresentadas em eventos aos espectadores e/ou a jogos de times, e ainda em competições, regionais, estaduais, nacionais e internacionais. O praticante de animação de torcida é chamado de animador(a). Com aproximadamente 1,5 milhões de praticantes na animação "Allstar" (sem incluir os milhões nos colégios, faculdades e pequenas ligas) na América (E.U.A.). A audiência global vem aumentando desde 1997 graças a divulgação do esporte pelas transmissões da ESPN Internacional. Há aproximadamente 100.000 praticantes em torno do mundo em países como Austrália, China, Colômbia, França, Alemanha, Japão, Canadá, Holanda, Nova Zelândia e Brasil.

Cheerleading é um esporte que usa rotinas organizadas a partir de elementos de dança, acrobacias, saltos e pirâmides humanas com o objetivo de animar torcidas de esportes como futebol americano e basquete, além de competir em campeonatos específicos do esporte.
O atleta que pratica o Cheerleading é chamado de Cheerleader.

O esporte surgiu em 1884, na Universidade de Princeton. Na época, somente os homens participavam. Na primeira metade do século XX (anos 30) o esporte já se fazia presente em outras universidades e as mulheres passaram a participar como Cheerleader. Devido ao crescimento do interesse pelo esporte, em 1997, a ESPN passou a transmitir as competições de Cheerleading nos Estados Unidos.

Em 1948, Lawrence "Herkie" Herkimer, de Dallas, um ex-cheerleader da Southern Methodist University, fundou a National Cheerleaders Association (NCA), que, junto com a Universal Cheerleading Association - e outras - promovem treinamento e campeonatos nos Estados Unidos.

Nos anos 80 e 90 o esporte passou por um momento difícil, pois sua imagem, devido ao enfoque dos filmes da época, era associada a meninas fúteis, burras ou sem índole moral. Somente em 2000, com o lançamento do filme As apimentadas (Bring it on), o esporte passou a ser encarado e forma mais atlética e séria.

No Brasil o Cheerleading se fazia presente de um modo restrito e com pouca representação, sobretudo nas escolas americanas. Com o início do futebol americano e o surgimento da Liga Paulista de Futebol Americano, por volta de 2001, foi surgindo a necessidade do Cheerleading no país e a capacitação desses atletas.

Observando, entre 2005 e 2007, a prática isolada de alguns grupos de meninas, surgiu a então chamada Cheer Commission, que, posteriormente, passou a se chamar Comissão Paulista de Cheerleading, um órgão sem fins lucrativos com o propósito de divulgar o esporte no estado. Em 2008 foi fundada a UBC - União Brasileira de Cheerleaders



































Veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...