Páginas

23 de dez de 2009

Mãe chama polícia para prender filho viciado em game

A pobre mãe não aguentava mais ouvir ruído de tiros sem parar em casa. Provavelmente, era tanto tempo que o filho passava na sala jogando videogame que a mulher tinha medo de bala perdida. O passatempo preferido do moleque era brincar com o Grand Theft, que trata de crimes, ladrões, bandidos, fugas, estratégias e policiais.

Moradora de Boston, nos EUA, a mãe – que não teve informado o nome, assim como o filho – desistiu de chamar o adolescente de 14 anos para conversar. Ele não obedecia e ainda gritava, furioso, com ela. Desesperada, a mulher decidiu ligar para o 911, o número da polícia nos EUA, no sábado (19). Dois oficiais chegaram rápido e encontraram a mãe chorando e o filho vidrado na tela. Ele ainda reclamou do barulho dos tiras.

Joe Zanolli, porta-voz da polícia de Boston, contou que o adolescente estava meio agitado. Segundo a mãe, entre uma partida e outra, ele andava em volta da casa e acendia todas as luzes, parecendo planejar estratégias para o jogo.

- Os oficiais só conversaram com o garoto para que ele ouvisse a mãe e parasse de brincar um pouco. Esse tipo de chamada, embora inusitada, já aconteceu outras vezes. As crianças estão cada vez mais obcecadas pelos games, disse Zanoli.

O garoto não foi preso, nem a mãe foi internada no hospício. Os dois, aparentemente, estão em trégua.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...