Páginas

15 de jan de 2010

Surpresa: chefão do tráfico sul-africano já foi mulher


Por essa, nem a polícia esperava. Um dos principais bandidos sul-africanos, o chefão do tráfico de drogas conhecido como Fat Murphy, revelou, aos prantos, que é hermafrodita.

O traficante foi preso após uma perseguição, na Cidade do Cabo, e perdeu sua prótese peniana no corre-corre. Murphy contou a uma corte que tem duas identidades, uma masculina, sob o nome de Fadwaan e outra feminina, em que é conhecido como Hilary.

Chorando, Murphy disse que tinha uma vagina que não podia ser penetrada, mas também possuía órgãos masculinos.

- Eu sempre soube que era realmente um homem. Era isso que eu queria ser. Mas, Deus me criou com os dois órgãos sexuais. Foi uma decisão de Deus, não minha.

O criminoso, que responde acusações de tráfico de drogas, roubo de propriedades, intimidação e sequestro, foi casado duas vezes. O nome da segunda mulher está tatuado em um de seus braços.

Murphy também disse que passou por uma cirurgia para remover seus órgãos femininos e, por isso, recebeu seus documentos masculinos.

A polícia, no entanto, disse que vai investigar como Murphy conseguiu seus novos documentos, já que não existe nenhum registro da cirurgia de mudança de sexo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...