Páginas

16 de mar de 2010

Conheça a verdadeira história do Trololó


Um vídeo perturbador com uma música viciante e filmado na década de 70 é um dos novos fenômenos da internet.
Batizado de Trololó, o clipe mostra um cantor com expressões e gestos forçados, penteado impecável e um sorriso meio psicopata dublando de maneira porca uma canção sem letra, cheia de lalalás, hahahás e hohohós.

O sucesso nos sites de vídeos foi tamanho que fizeram até uma página especial em que o Trololó é mostrado em parar em um looping eterno e hipnotizante.

Mas, afinal, quem é o cantor com gestos de Silvio Santos do vídeo do Trololó? Que raios é isso aí?

A estrela do clipe chama-se Eduard Anatolyevich Khil, é russo, tem 75 anos e já fez muito sucesso lá na terra do Putin.

Khil foi um dos artistas mais populares da União Soviética. Queridinho dos comunistas, gravou diversas canções ufanistas do regime.

O tal Trololó é uma música relativamente conhecida na Rússia, chamada (em uma tradução livre) Estou muito feliz, porque finalmente voltei para casa.

A canção foi composta por Arkady Ostrovsky e gravada por diversos artistas além de Khil. Inclusive há um vídeo circulando na internet com uma versão cantada por Muslim Magomayev de forma um pouco menos exagerada e perturbadora.

Com o sucesso do vídeo na web, a imprensa russa foi atrás de Khil para saber o que ele achava de toda a repercussão.

Alheio ao sucesso do outro lado do planeta, o cantor revelou uma curiosidade sobre o Trololó. Originalmente, a canção tinha uma letra, mas a poesia era tão pobre que preferiram gravá-la somente no "vocalise" ou seja nos "lalalás".

Enfim, o vídeo pegou e já existe até quem faça campanha para que Khil inicie uma turnê mundial e apresente seu Trololó em todos os confins do planeta.

Um comentário:

Veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...