Páginas

6 de mai de 2010

Mandando todo mundo pra PQP

Recebi esse e-mail do meu avô (ele recebeu de alguém) e não sei a autoria.
Achei interessante o desabafo e coloquei aqui.


A respeito da cidade olha essa materia que eu tirei do google
 
País sem respeito, sem moral, sem cultura, sem vergonha, sem orgulho, sem amor, sem segurança, sem educação, sem justiça... Só poderia ter gente morando em Puta que Pariu, um bairro aqui no Brasil.
 
Aqui no Rio de Janeiro, o desrespeito é total. É gente falando palavrão nos ônibus, nas ruas, em festas e no trabalho. O tal do “caralho” anda na boca dos jovens. Tem gente que de cada cinco cinco palavras que fala, quatro são palavrões. Neste País em que as famílias, pelo menos no Rio, aceitam músicas pornôs que são executadas na frente das crianças e idosos, até os vizinhos são obrigados a escutar.
 
Fica fácil acreditar que na cidade de Bela Vista de Minas existe um bairro com o nome de Puta que Pariu. Aliás, caralho era o nome da cesta que ficava em cima das caravelas antigas. O marinheiro ficava alí para avisar a tripulação quando via piratas, obstáculos e terra à vista. Também era usado como castigar os marinheiros, já que a posição lá em cima não era das mais agradáveis. O capitão, quando queria punir o marinheiro, dava a ordem: "Vá já para o caralho!!!" É verdade.

Perto de João Monlevade, no Estado de Minas Gerais, o município de Bela Vista, uma cidadezinha de interior, cercada de mato, um dos bairros tem o nome de Puta que Pariu. Num país que mandamos ministro para o Oriente Médio para resolver uma guerra quase do outro lado do mundo, enquanto aqui o tiro come solto, com mais de 50 mil registros de assassinatos nos cartórios de todo o País. Anualmente, morre mais gente aqui do que em qualquer outro lugar do mundo.
 
É fácil acreditar que um bairro tenha nome de palavrão. Afinal, o moral do povo brasileiro nunca esteve tão baixo. O nosso presidente tem feito o possível para continuar a política “DO FAZER DE TUDO PARA O INGLÊS VER", muito usada desde a época da escravidão no Brasil. Daí, o Brasil, muito bonzinho, se ofereceu para dar abrigo a inúmeras famílias iraquianas. Salário e casa, coisa que muitos brasileiros não tem. Também demos abrigo, CASA E SALÁRIO para terroristas das FARC e agora estamos adotando mais um marginal italiano, causando uma indignação e constrangimento tremendo com uma nação que sempre tivemos laços de amizade, a Itália.
 
Mas o município de Bela Vista de Minas existe e foi criado pela Lei nº 2764, de 30 de dezembro de 1962. A cidade é divida em sete bairros: Bela Vista de Cima, Lages, Serrinha, Córrego Fundo, Favela (putz), Puta que Pariu (incrível), e Boca. O site www.guiadosmunicípios.com.br conta esta história ridícula e vergonhosa. Já pensou a certidão de nascimento destas pessoas, ou o comprovante de residência? 

Imaginem... Se alguém de mandar pra lá, já sabe, é só comprar uma passagem para Bela Vista de Minas... Brasillllllllllllllllll

2 comentários:

  1. O negocio é se o cara realmente quiser chegar lá e te sacanear ....

    ResponderExcluir

Veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...