Páginas

16 de jun de 2010

CALA BOCA GALVAO - Save Galvao Birds Campaign

Exibida com destaque logo que a bola começou a rolar para a estreia brasileira na Copa do Mundo, contra a Coreia do Norte, em Johannesburgo, uma faixa com a frase "Cala a boca, Galvão!" foi recolhida rapidamente nas arquibancadas do estádio Ellis Park, nesta terça-feira.
O adereço estava colocado exatamente no centro do campo, pouco acima das placas de publicidade, e endossava campanha iniciada no Twitter, desde a última sexta.
Bastou começar o jogo inaugural do Mundial na África do Sul, entre a equipe da casa e o México, que os temas ligados ao torneio já estavam entre os dez mais comentados no famoso microblog. E o assunto que liderava o ranking era justamente "Cala boca Galvão", referindo-se ao locutor esportivo da "Rede Globo".
Enquanto os internautas brasileiros na rede zombavam com recados como "a maior mobilização brasileira depois das Diretas Já", alguns estrangeiros não entendiam o sentido da campanha.

No Central da Copa, programa especial sobre a Copa do Mundo, ontem (15), por volta de 0h10, o apresentador tirou uma com a cara de Galvão Bueno e ainda peitou a Globo.
Tiago Leifert não poupou o colega Galvão Bueno, que está sendo massacrado na internet com a campanha Cala a Boca Galvão.
Tudo em tom de brincadeira, claro, mas ele falou o que quis...
- Não pode falar aqui da campanha Cala Boca Galvão, né? A gente tem que cuidar do Galvão. Ele está magoado, chorando.
E não parou por aí.
- Se a gente ficar falando disso aqui na Globo, os homens de preto vêm aqui.
Não contente, meteu Luciano Huck, que estava na plateia, na conversa.
- A gente não pode falar da campanha aqui, né, Luciano?
Huck, que a exemplo de Faustão adora fazer média com os globais, desconversou.
A frase Cala Boca Galvão foi retuitada no mundo todo.
Ontem, durante a estreia do Brasil contra a Coreia do Norte, colocaram uma faixa com a frase Cala Boca Galvão, mas ela foi retirada às pressas.
Galvão entrou pelo telão e se mostrou conformado e com bom humor a respeito da campanha para ele falar menos.
Fez até uma piada sem graça, só para variar...
Pra justificar (?) a confusão. Ele tentou explicar que "cala a boca Galvão" era na verdade uma piada feita para os gringos dizendo que Galvão era um papagaio brasileiro em extinção. Mostrou o vídeo abaixo, que aliás eu nunca tinha visto na Internet. Parece coisa plantada da Globo para abafar o caso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...