Páginas

10 de jun de 2010

Menina de 7 anos tem aparência de adulto

A pequena Ashanti Elliott-Smith, de 7 anos, sofre de uma doença rara e incurável. A menina envelhece oito vezes mais rápido que o normal. Quando completar 10 anos, a criança terá a aparência de uma idosa de 80.



A menina é portadora de Progeria, doença genética que provoca envelhecimento prematuro em crianças. Ashanti também já sofre de problemas típicos de adultos, como artrite e deficiências no coração. A mãe de Ashanti, Phoebe Elliot-Smith, de 24 anos, faz de tudo para que a filha leve uma vida normal.

- Aproveitamos cada dia ao máximo. Ashanti é doce e cheio de vida. Ela é tão preciosa - diz Phoebe, que tem outra filha, de 4 anos, que não tem a doença.
Com um pouco mais de 1 metro de altura, Ashanti precisa de cuidados especiais para se relacionar com outras crianças. Com a saúde frágil, uma gripe é capaz de matá-la.
A menina nasceu com a aparência de um bebê saudável e só depois de três semanas começou a apresentar sintomas de que alguma coisa não estava bem.







- Tive uma gravidez normal e pensei que ela era perfeita. O pai dela, Albi, e eu estávamos muito felizes - afirma Pheobe.
Ashanti teve convulsões, não ganhava peso e o cabelo dela não crescia. As baterias de exames não revelavam o motivo. Foi às vésperas de completar um ano que Phoebe e Albi descobriram que a filha sofria de uma doença raríssima. Eles levaram a menina ao hospital infantil Great Ormond Street, em Londres, e o médico deu o diagnóstico.
- Quando o doutor nos contou o que era Progeria, eu desmaiei - lembra a mãe.


























Segundo a reportagem do News of the World, apenas 52 pessoas sofrem da doença no mundo. Uma vez a cada dois meses, Ashanti vai a uma clínica em Marseille, na França, especializada na doença. Mas o tratamento serve apenas para melhorar a qualidade de vida da menina. Alguém que tem Progeria não passa dos 13 anos. Os pais decidiram não contar à menina sobre a gravidade da doença.
- Dizer à sua filha a verdade sobre algo como isso é a coisa mais difícil do mundo - diz o pai, Albi Smith, de 40 anos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...